AOBRA1_TML7188.png
_TML7172 pg 218.png
_TML7126 pg 132 e 133.png
Maracana-guaçu.png
_TML7062 pg 82 e 83.png
AOBRA1_TML7188.png

A OBRA


SCROLL DOWN

A OBRA


    

   

 

O livro Terra Papagalli é o maior levantamento artístico-científico já realizado sobre todas as 91 espécies de psitacídeos brasileiros (família de espécies de papagaios, araras e os periquitos). A obra é composta pela arte primorosa de Eduardo Parentoni Brettas, um dos maiores pintores de aves que o Brasil já produziu e por textos de alto rigor científico assinados pelo Prof. Dr. Luís Fábio Silveira, um dos maiores ornitólogos do país, o curador da maior coleção de aves brasileiras do mundo, pertencente ao Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP).

Tamanho: 34cm x 27.5cm x 3.2cm / Peso: 3.25 kg / Páginas: 376

ISBN: 8569827008

 

Um país chamado Terra Papagalli.

A importância histórica do nome desta obra confunde-se com a própria história da descoberta e construção do Brasil. Os primeiros navegadores portugueses maravilharam-se com as magníficas araras vermelhas a ponto batizar nosso país como Terra Papagalli (Terra dos Papagaios, em latim) nos anos que se seguiram à descoberta do Brasil. 

O livro, em edição bilíngue português/inglês, tem 376 páginas ricamente ilustradas por reproduções das telas originais e detalhes nunca vistos antes, além de informações sobre cada uma das espécies, hábitos alimentares, áreas de nidificação, locais mais indicados para a observação das espécies na natureza no Brasil e muito mais.

No final do livro, há uma seção apontando o grau de risco de extinção de cada uma das aves ilustradas, bem como vários índices organizados para consulta da obra por nome científico, nome popular em português, nome popular em inglês, bem como por gênero de cada espécie.

_TML7172 pg 218.png

OS AUTORES


OS AUTORES


Eduardo Parentoni Brettas nasceu na cidade de Ponte Nova, Minas Gerais, Brasil, em 1962. Seus primeiros desenhos de aves brasileiras datam ainda de sua infância livre pela exuberante natureza brasileira. Teve em sua mãe, Indiana Parentoni Brettas, sua primeira grande entusiasta, tendo incentivado o filho a se tornar um mestre da pintura naturalista. Suas obras são encomendadas por grandes centros de estudos ornitológicos, como a Universidade de São Paulo – USP (Brasil) – e a Universidade de Princeton (Estados Unidos), museus e galerias de arte de diversas cidades (Atlanta, Dubai, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, entre outras), além de colecionadores ao redor do mundo. Ministra regularmente cursos e palestras sobre arte naturalista, nos quais divide generosamente seu talento e técnica com profissionais e aficionados sobre o tema. Vive e trabalha em Juiz de Fora (MG), onde mora com sua esposa Vanessa e seus dois filhos Tiago e Ricardo.

 

Luís Fábio Silveira nasceu na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, em 1974. Cientista por vocação e apaixonado por aves desde a infância, é o curador da maior coleção de aves brasileiras do mundo, pertencente ao Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP). É Doutor em Zoologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é um dos maiores cientistas em atividade sobre o tema no país. Seu trabalho contribui com inúmeras iniciativas públicas e privadas de conservação e manejo de espécies de aves no Brasil, tendo publicado mais de uma centena de trabalhos científicos e quatorze livros. É também orientador de teses de mestrado e doutorado pela USP, contribuindo na formação de novos cientistas brasileiros e estrangeiros especializados no estudo das aves do Brasil, país que abriga a maior diversidade de aves em todo o planeta, com mais de 1900 espécies já registradas. Vive e trabalha em São Paulo, SP (quando não está em expedições de campo pelo Brasil), onde mora com Érika, sua esposa.

_TML7126 pg 132 e 133.png

APOIO


APOIO


“HÁ MUITO TEMPO OS MUSEUS DESCOBRIRAM QUE UM CAMINHO ESTÁ NA ASSOCIAÇÃO ENTRE ARTE E CIÊNCIA PARA SENSIBILIZAR UM PÚBLICO NÃO ESPECIALISTA E CONQUISTAR CORAÇÕES E MENTES PARA ESTA CAUSA QUE É DE TODOS NÓS: A PRESERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE, COM SEU INCONTESTÁVEL VALOR ESTÉTICO. TERRA PAPAGALLI SURGE COMO UM GRANDE ALIADO NESSE PROCESSO, COM A PROMESSA DE UM PROFÍCUO LEGADO.”

MARIA ISABEL LANDIM

CHEFE DA DIVISÃO DE DIFUSÃO CULTURAL

 

“ALÉM DA BELEZA DAS ILUSTRAÇÕES, ESTA PUBLICAÇÃO SE DESTACA POR APRESENTAR INFORMAÇÕES CIENTÍFICAS DE ALTA RELEVÂNCIA PARA INICIATIVAS DE CONSERVAÇÃO DAS ESPÉCIES, COMPILADAS POR UM DOS MAIORES ESPECIALISTAS NA AVIFAUNA BRASILEIRA DA ATUALIDADE, COMO SUA DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA E CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DE HISTÓRIA NATURAL.”

MARIO BARROSO RAMOS NETO

SUPERINTENDENTE DE CONSERVAÇÃO

“TRAZER TODA ESSA EXUBERÂNCIA E BELEZA DOS PSITACÍDEOS PARA UM LIVRO, COM PINTURAS DE UM ARTISTA NATURALISTA SENSÍVEL, DELICADO E OBSERVADOR, COMO EDUARDO BRETTAS, É UM PRESENTE DOS SONHOS. COM O TEXTO ACURADO E APAIXONADO DE LUÍS FÁBIO SILVEIRA SOBRE AS AVES, ESPERAMOS QUE AS PESSOAS VIAJEM CONOSCO NESTA OBRA E NOS AJUDEM NA CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE BRASILEIRA.”

NEIVA MARIA ROBALDO GUEDES

PRESIDENTE DO INSTITUTO ARARA AZUL

“QUANDO A ARTE ENCONTRA A CIÊNCIA, MAIS DO QUE A UNIÃO DA SENSIBILIDADE COM A PRECISÃO, OCORRE O NASCIMENTO DE UMA NOVA FORMA DE COMUNICAÇÃO. A OBRA TERRA PAPAGALLI É UM BELÍSSIMO EXEMPLO DESSE AINDA RARO E NECESSÁRIO ACONTECIMENTO.”

DENER GIOVANINI

COORDENADOR-GERAL

 
Maracana-guaçu.png

MÍDIA


MÍDIA


_TML7062 pg 82 e 83.png

CONTATO


CONTATO


COMPRE JÁ


COMPRE JÁ


 

COMPRAR NO BRASIL COM PAYPAL

packLIVRO.png